(31) 3555-1188 ver.tarcisiocaixeta@cmbh.mg.gov.br

Com o apoio de Caixeta, Vila Sumaré conquista CRAS

Em ofício encaminhado ao gabinete do vereador Tarcísio Caixeta (PT), a prefeitura de Belo Horizonte 25-10-2013_CRASinformou que, até novembro, um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) será implantado na Vila Sumaré.

A solicitação havia sido encaminhada em agosto, em reunião agendada por Caixeta na Secretaria de Políticas Sociais da PBH, que contou com a presença de diversas lideranças comunitárias da Vila Sumaré – antes, eles haviam se mobilizado e conseguiram reunir 1.090 assinaturas na região para reforçar o pedido.

“O CRAS vai oferecer alternativas de convívio social, práticas cidadãs e lazer, especialmente aos jovens e idosos que moram na Vila Sumaré e região do entorno. A comunidade está de parabéns por mais esta conquista”, afirma Caixeta.

Além da Vila Sumaré, o CRAS vai beneficiar moradores dos bairros Aparecida, 7ª Seção, Ermelinda e Vila Nova Cachoeirinha – ao todo, cerca de cinco mil pessoas deverão ser atendidas através do equipamento público.

Moradores destacam conquista

“O CRAS é importante, principalmente se levarmos em conta que a comunidade é carente de equipamentos na área da assistência social. Atualmente, com exceção das escolas, os jovens que moram aqui não têm espaços para exercitar sua cidadania. Além disso, o CRAS também vai beneficiar os idosos e os portadores de necessidades especiais”, destaca Deuzelane Eduardo de Jesus (Tita), presidente da Associação de Moradores da Vila Sumaré.Para Abedias Pereira de Souza (Bida), presidente da Creche Comunitária da Vila Sumaré, o CRAS será de grande utilidade para toda a comunidade, que passará a ser atendida em um local mais próximo, sem a necessidade de se deslocar até a Administração Regional, como ocorre atualmente. “É um benefício pelo qual já batalhávamos há muito tempo e que, finalmente, conquistamos”.

A conselheira tutelar Rosimeire Pinto (Meirinha) também comemora a implantação do equipamento público. “O CRAS é necessário para a Vila Sumaré, principalmente para os jovens, e também por acolher também crianças, idosos e mulheres vítimas de violência. Nossa região ainda não possuía um equipamento social deste porte, pelo qual lutávamos há vários anos, e tenho certeza de que será de grande valia”.

“Para uma região como a Vila Sumaré, que ainda não contava com uma estrutura deste tipo nas proximidades, o CRAS vai ser muito importante, por tudo o que ele oferece. E vai beneficiar muita gente – crianças, adolescentes, jovens e idosos. Foi uma vitória”, sublinha José Cupertino Neto (Juca).

Joanes Miranda (Joá), coordenador do Grupo de Referência e Apoio Comunitário (Greac), lembra que o fato de a comunidade passar a contar com uma estrutura de serviços mais completa – que inclui atendimento psicológico e cursos profissionalizantes – auxiliará os jovens a se qualificarem e conquistarem seu espaço no mercado de trabalho. “Além disso, as opções de entretenimento, especialmente para crianças, adolescentes e idosos, trarão um benefício enorme para a região”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *